NOTÍCIAS - A | + A

CLÁSSICO VOVÔ - HOJE 27.01.2019 | 13h:09

Mixto e Dom Bosco fazem rivalidade quase secular hoje, na Arena Patanal

Mixto e Dom Bosco, o mais antigo confronto do futebol do Estado

Por: JORGE MACIEL/ FUTEBOLPRESS

Mixtonet

Mixtonet

Quando os jogadores do Mixto e Dom Bosco, protagonistas do Clássico Vovô, uma rivalidade quase secular entre alvinegros e azulões, poderão atinar para o fato de que, do alto das arquibancadas, 83 anos vos contemplarão.   

 

Mixto e Dom Bosco, o mais antigo confronto do futebol do Estado, farão neste domingo, na Arena Pantanal, às 16 horas, o jogo de número 65 (considerando como pós divisão do estado, em 1977), com a expectativa de um grande público.   

 

Já escalados, os dois times vêm de situações não semelhantes. O Dom Bosco estreou vencendo o Operário FC por 2 a 1, e o Mixto empatou em Barra do Garças, também na estreia, com o Araguaia. Dom-bosquinos buscarão os seis pontos, o Mixto correrá atrás dos quatro pontos.     

 

Toninho Pesso, técnico que deu o último título ao Mixto e garantiu o time na Copa do Brasil, é só otimismo. Com um time mais experiente, com mais rodagem, o seu maior problema ainda é o condicionamento físico, já que o clube iniciou a pré-temporada bem mais tarde que o seu rival. “Ainda não estamos 100 por cento, mas o condicionamento melhorou muito, o Braz vem fazendo um excelente trabalho. O melhor é que o grupo está com ‘fome’ de vitória”, diz ele. O Mixto deve formar com Vinicios; Arilton, Marlon (ou Caio), Mateus, Birô e Valtinho; Couto, Lapa),Dinelson e Yago (ou Amendoim); Jhon, e Mateus Aguiar, mas a escalação pode ser alterada.   

 

No Dom Bosco, tudo azul  

 

Pelo lado dom-bosquino, que tem um time mais modesto e é composto por pratas-da-casa, ex-juvenis e “velhos” conhecidos da sua torcida, a exemplo de João Lennon, Paulinho Minguau, por exemplo. Ainda assim, o técnico Hugo Alcântara vem conduzindo o elenco com talento e criatividade. Hugo, muito exigente e com a característica de incentivador do grupo, também definiu a sua equipe. “Provavelmente manteremos a escalação do jogo de estreia”, afirma ele, acrescentando que pode mudar alguma coisa antes do jogo.   

 

Sabedores da atmosfera que cerca o jogo, pelo seu valor histórico e pela rivalidade sempre à flor da pele, os dois técnicos esperam um bom público. “A gritaria e incentivo do torcedor são ingredientes ideais para um bom duelo”, diz Pesso. Hugo é da mesma opinião. “O dom-bosquino sabe incentivar o time, e vamos fazer todo esforço para responder ao apoio dos azulões”, conclui.   

 

MIXTO x DOM BOSCO 

Segunda Rodada

 

Data: 27.01.2019 

Local: Arena Pantanal

Arbitragem: Luiz Paulo Pinheiro

Auxiliares: Eliane Cristina e Luiz Gustavo da Mata  

 

MIXTO

 

Vinicios; Arilton, Marlon (ou Caio), Mateus, Birô e Valtinho; Couto, Lapa),Dinelson e Yago (ou Amendoim); Jhon, e Mateus Aguiar  

 

DOM BOSCO 

 

Juninho; João Lennon, Matheus, Marinho e Guerron;  Lopes, Passarinho, Lukinhas (Igor) e Jackson (Gabriel) ; Soldado e Paulinho Mingau (Bruninho) – Técnico: Hugo Alcântara  

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS